Quem percorre a Rota do Pinhão, tem a oportunidade de conhecer os costumes locais, a gastronomia, festas típicas e a agricultura – tudo isso marcado pela forte influência dos imigrantes europeus. Repleta de aventuras a rota passa por 20 municípios e integra o Roteiro Turístico do Paraná.

A união do sossego do campo com a agitação das grandes cidades é o diferencial da Rota do Pinhão, localizada na Região Metropolitana de Curitiba.

Assim com Coritiba, Campo Largo vem crescendo dentro desta rota, pois as atrações gastronômicas advindas da cidade vem cada dia mais se destacando no cenário. Conta com diversos atrativos culinários, desde pratos tipicamente vindo de imigrantes, tais como o pierogue (poloneses) e a polenta (italianos), comidas bem brasileiras como a culinária mineira e aqueles pratos que os tropeiros deixaram como tradição.

Uma peculiaridade do passeio é que o município tem grande incidência de araucárias – árvore símbolo do Paraná.

Sue semente é o pinhão, muito consumido durante o inverno, pois é o período quando atingem sua maturação e fica no ponto para ser colhido e servido de diversas maneiras para quem o aprecia.

Campo Largo também ganha muito com o turismo rural, pois possui área verde com cachoeiras, também oferece o que há de melhor na gastronomia rural, vivências em agroecologia e referências importantes da cultura polonesa, assim como acontece em Campo Magro.

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

https://www.linkedin.com/company/55058278
https://www.instagram.com/revistavivacuritiba/