Carlos Madalosso um homem que edifica seu sonho.

  • Santa Felicidade, o bairro mais italiano de Curitiba, é famoso internacionalmente como um centro gastronômico com cardápio típico de alta qualidade.

  • São mais de 30 restaurantes servindo as delícias das “nonas” e “mamas” caprichosas. Ali o visitante encontra vinícolas, lojas de móveis e artesanato, bem como iguarias caseiras e coloniais nos armazéns típicos.

  • Mas quem conhece Santa Felicidade atualmente não sabe de todas as transformações que o bairro viveu.

  • O empresário Carlos Madalosso, membro de uma das famílias mais conhecidas do bairro, nos conta parte desta história recente.

  • Até chegar ao restaurante e a consolidação de nossos negócios, nossa família atuava na lavoura, plantando e cultivando uvas Niagara branca e rosada. Porém a plantação não estava indo tão bem, principalmente por causa da temperatura da região que não ajudava.

  • Na frente de nosso terreno (atualmente o novo Madalosso) tinha um gaúcho que queria vender um restaurante.

  • A ideia pareceu atrativa e promissora e com bem pouco dinheiro e várias prestações o patriarca (João Antônio Madalosso) comprou o restaurante (Velho Madalosso). No começo a minha irmã Flora foi para a cozinha e eu para o salão, que tinha apenas 6 mesas.

  • Os clientes começaram a gostar da qualidade da comida e do atendimento familiar, fazendo com que o movimento crescesse rapidamente e em apenas três meses fizemos a primeira reforma, até que surgiu a ideia de fazer uma casa nova.

  • Em 1970 inauguramos o novo Madalosso, fizemos algumas pesquisas com arquitetos e a que mais gostamos foi de deixar uma entrada grande e convidativa. Aqui tudo foi um sucesso e acompanhamos o crescimento de Curitiba também, buscando clientes, trazendo turistas e após 1995 recebemos a comitiva do Guines Book. Foi uma grande surpresa termos sido catalogados como um dos maiores restaurantes do mundo (atrás apenas do Bawabet Damasco e do Mang Gorn Luang em Bangkok), o que trouxe mais ônibus de turismo curiosos sobre o nosso espaço.

  • Atualmente temos 3630 lugares para jantares políticos (mesas juntas).

LEIA MAIS

FIM